Workshop sobre conservação e restauro dehabitats prioritários de montanha e biodiversidade associada

Dia 30/5/2014 em Vila Pouca de Aguiar. Inscrições gratuitas e obrigatórias através de e-mail (higro@quercus.pt)

Workshop - proj HIGRO

 

– Em Outubro de 2013 foi descoberta pelo CIBIO – Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos uma nova população de Carex durieui na Serra de Arga, uma planta endémica do NW da Península Ibérica que se encontra em perigo de extinção em Portugal.

Carex durieui_3083c  Carex durieui_3078_Paulo Monteiro2

– Em Agosto de 2012 foi descoberta pela equipa do projecto HIGRO e confirmada por membros do TAGIS – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal uma nova população de Phengaris alcon (borboleta-azul-das-turfeiras) na Serra de Arga e redescoberta outra população na serra do Alvão que se julgava extinta.

– Em Julho de 2012 foi observada por membros do TAGIS – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal a libelinha-de-mercúrio (Coenagrion mercuriale) – espécie listada no Anexo B-II da Directiva Habitats –  numa área do projecto da Serra de Arga. Entre as populações da espécie actualmente conhecidas em Portugal, esta é a que se situa a maior altitude.

– Em Junho de 2012 foi descoberto pela equipa de monitorização do CIMO – Centro de Investigação de Montanha o primeiro núcleo de Drosera rotundifolia (Orvalhinha) na Serra de Montemuro (Concelho de Castro Daire).

– Em Março de 2012 foi descoberto por pastores de Campo Benfeito o primeiro núcleo de Erica ciliaris (lameirinha) na Serra de Montemuro (Concelho de Castro Daire).

– Em Novembro de 2011 foi descoberto o primeiro núcleo de Genista anglica (Aliaga) na Serra do Alvão (Concelho de Vila Pouca de Aguiar).

– Em Setembro de 2011 foi descoberto o primeiro núcleo de Erica tetralix (urze-peluda ou urze-dos-brejos) na Serra de Montemuro (Concelho de Castro Daire).

– Em Julho de 2011 foi descoberta por membros do TAGIS – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal uma nova população de Phengaris alcon (borboleta-azul-das-turfeiras) na Serra de Montemuro (Concelho de Castro Daire), que constitui o limite meridional da sua distribuição europeia conhecida. Parte dos terrenos onde ocorre e se reproduz a espécie (cerca de 10 hectares) encontram-se incluídos no Projecto HIGRO. Os estudos revelaram que se trata de uma população bem estabelecida, sendo a estimativa populacional de 92 adultos/hectare.

Ciclo de vida da P. alcon

 

 


.. .

LIFE09 NAT/PT/000043

Projecto:

Com a contribuição do instrumento financeiro LIFE+ da União Europeia

Esta página já teve:

  • 26,230 visitas


%d bloggers like this: